RSS Feed

Category Archives: Animais

Cuidado com as cobras

Posted on

Se você é do tipo de pessoa que adora fazer excursões na mata, ou vive em algum lugar que tem muito mato, árvores ou outro tipo de natureza e precise ou queira ir até lá, então te aconselho a ter cuidado com as cobras.
Nenhuma cobra engole pessoas, nem a maior cobra do mundo, a anaconda (a menos que a pessoa se deixe engolir…).
Naja
Mas algumas najas têm o hábito de lançar jatos de veneno nos olhos de quem elas acham que as
está ameaçando (o que é uma coisa nojenta; além de ser fatal).
Se você ouvir um barulho parecido com um chocalho chacoalhando perto de você, fique atento, olhe

Cascavel

para todos os lados, pois pode ser uma cascavel. Ela balança o chocalho que tem na cauda para avisar que você está chegando muito perto. Ela quer dizer algo como: “Fique longe, você está entrando no meu território!”. Se você chegar mais perto, ela chacoalha mais forte, como se dissesse: “Não ouviu o meu aviso? Fique longe!”. Se você insistir e chegar mais perto ainda, ela cansa e te ataca. Por isso, eu o aconselho a no primeiro aviso de uma cascavel, você sair daquele lugar.
Voltando para as najas, seu veneno pode matar uma pessoa em pouco tempo, só alguns minutos, então fique longe delas, a menos que você seja um especialista em cobras ou esteja acompanhado de um.
E sabe como reconhecer uma coral falsa e uma verdadeira e diferenciá-las? Ambas têm listras
Cobra-coral
vermelhas, amarelas e pretas, em diferentes padrões. Eu já li que a coral-verdadeira tem, no seu padrão de listras, amarelo do lado do vermelho. E que a coral-falsa tem vermelho do lado do preto. Mas também já ouvi de uma profesora que na coral-verdadeira, as listras seguem até a barriga, ou seja, a barriga dela também tem listras do mesmo padrão das  listras das costas; e a coral-falsa tem a barriga branca. Eu não sei qual das das duas afirmações está correta; mas se a coral-verdadeira for ameaçada, ficará em posição de ataque, e a coral-falsa provavelmente irá fugir.

Jiboia

Quanto às cobras que podem engolir animais grandes (sucuris e jiboias): as pessoas correm muito mais rápido do que elas, porque elas pesam muito, então elas só vão engolir uma pessoa se estiverem muito famintas e a pessoa se deixar engolir ou se a pessoa for uma criança pequena ou um bebê, que ela pode confundir com alguma presa que ela caça (mais uma afirmação que eu não sei se está correta). Se você vir uma cobra com um volume enorme nas costas, parecido com uma corcunda gigante, pode passar por ela tranquilamente, uma vez, cinco vezes, cem vezes, quantas vezes você quiser, que ela não fará nada. É uma jiboia ou sucuri digerindo o enorme animal que acaba de engolir.
Quem for picado por uma cobra deve procurar imediatamente um local onde possa receber soro antiofídico. Não pare para analisar se a cobra é venenosa ou não. Existem vários soros, adaptados de acordo com a espécie de cobra.

ANIMAIS – Camelo e dromedário

 

Camelo

Os camelos e os dromedários são mamíferos (classe Mammalia), e pertencem à ordem Artiodactyla. Eles vivem no deserto. Podem passar até um mês sem beber água, mas, quando encontram água depois desse período, podem beber por vários minutos, vários litros. Os camelos têm duas corcovas, enquanto os dromedários têm só uma. A corcova serve como reserva de gordura, por isso eles podem passar vários dias sem comer. Eles têm uma pálpebra transparente além da pálpebra normal, para fecharem os olhos e protegê-los de tempestades de areia e enxergarem o caminho ao mesmo tempo. Os camelos e os dromedários aguentam longas caminhadas nos desertos.

Eles perdem muito peso nessas caminhadas, mas como se alimentaram muito e com

Dromedário

comidas bem saudáveis antes, têm comida suficiente para encher os reseratórios de gordura. Seu sangue também perde água, mais ou menos 40%. Mas ele não fica fraco. Ao contrário dos seres humanos, que se perderem bem menos que isso, podem até morrer.

A pelagem desses animais os protege contra o Sol forte do deserto. Eles possuem cascos, e dois dedos em cada pata. Eles são ruminantes, como as vacas e bois.

ANIMAIS – Leão

Deprê

Os leões são animais carnívoros, ou seja, comem apenas carne. No bando, existem diversas fêmeas (leoas), mas somente um macho, que cruza com todas elas para gerar filhotes. Estes brincam de caçar quando são pequenos para treinar as habilidades, assim se tornam caçadores  ágeis quando adultos.

A juba do leão não serve para impressionar a fêmea como a cauda do pavão,

Tédio - sem nada pra fazer...

como muitos pensam. Serve para proteger o pescoço do bicho durante uma luta. Eles se originam da savana africana, como as girafas. Caçam, entre outros animais, antílopes, zebras e girafas.

Os leões podem viver de 20 até 25 anos. Têm mais ou menos 2 m de comprimento e 1 m de altura, e pesam 250 kg.

Ficha ani-bicho:

Reino: Animalia

Filo: Chordata

Classe: Mammalia

Ordem: Carnivora

Família: Felidae

Gênero: Panthera

Espécie: P. leo

ANIMAIS – Girafa

As girafas pertencem à classe Mammalia (mamíferos) e à ordem Artiodactyla (artiodáctilos). As girafas são os animais mais altos do mundo. Possuem apoximadamente 5 ou 6 metros de altura, e pesam mais de 500 kg. Apenas o pescoço mede mais ou menos 2 metros. O filhote pode morrer logo que nasce, porque a mãe girafa dá à luz em pé. Por isso, ele cai de uma altura de mais ou menos 3 metros. Os filhotes já nascem com o pescoço grande. Não existem girafas com o mesmo padrão de manchas.

A girafa pode esticar a língua até cerca de 45 cm. As acácias são a sua comida favorita. Ela é herbívora, ou seja, se alimenta apenas de plantas. Quando ela vai beber água, como é muito alta, abre bem as pernas dianteiras e abaixa o pescoço para pegar a água. Apesar de a girafa ter o pescoço mais longo que o dos outros animais, possui 7 ossos, o mesmo número de ossos dos outros, incluindo os humanos. A girafa é parente do ocapi, um animal semelhante a uma zebra, um cavalo e uma girafa.

Ficha ani-bicho:

Reino: Animalia

Filo: Chordata

Classe: Mammalia

Ordem: Artiodactyla

Família: Giraffidae

Gênero: Giraffa

Espécie: G. camelopardalis

Um dos primeiros dinos

Posted on
O Staurikosaurus foi um dos primeiros dinossauros a surgir. Era pequeno, semibípede, seus dentes eram pontudos e afiados, a cauda, longa, e a cabeça, relativamente grande. Talvez tivesse braços fortes e pernas longas, sendo um ótimo corredor.

Ele foi encontrado em Santa Maria, no Rio Grande do Sul. A reconstituição do esqueleto foi difícil, pois só foram encontradas partes isoladas.

STAURIKOSAURUS:
Nome científico: Staurikosaurus pricei
Nome adaptado: estauricossauro
Significado do nome: lagarto Cruzeiro do Sul
Grupos: dinossauros — saurísquios — terópodes
Comprimento: dois metros
Peso: 30 kg
Alimentação: carnívora
Período: meio do Triássico (225-210 milhões de anos atrás, mais ou menos)

Pteranodonte e pterodáctilo: não confunda!

Posted on
Muita gente confunde esses dois, ou acha que os dois nomes pertecem a um único animal. Eu mesmo achava isso, até pouco tempo atrás.
O pteranodonte é um pterossauro (“lagarto com asas” ou “lagarto voador”), assim como o pterodáctilo, e eles não são considerados dinossauros (embora eu considere), porque estes são os que viviam só na terra. Embora tenham essas semelhanças, os dois são muito diferentes.
PTERANODONTE:
Nome científico: Pteranodon longiceps
Significado do nome em negrito: “asa sem dentes”
Grupo: pterossauros
Altura: dois metros
Envergadura: sete, oito metros aprox.
Peso: 30 kg
Alimentação: carnívora (peixes principalmente)
Período: fim do Cretáceo (65 milhões de anos atrás)
PTERODÁCTILO:
Nome científico: Pterodactylus sp.
Nome adaptado: pterodáctilo
Significado do nome: “dedo voador” ou “dedo com asas”
Grupo: pterossauros
Altura: 30 cm
Envergadura: 50 a 75 cm
Peso: 5 kg
Alimentação: carnívora (peixes e pequenos animais)
Período: meio do Jurássico (150-144 milhões de anos atrás)