RSS Feed

Reforma ortográfica: um sofrimento na vida dos já alfabetizados

Posted on

A reforma ortográfica da língua portuguesa aconteceu para igualar a escrita entre os países lusófonos (que falam português), mas causou muito sofrimento entre as pessoas que foram educadas com a antiga ortografia.
Aí vão algumas novas regras para não se dar mal na prova:
1. Não são mas acentuados os éi e ói das palavras paroxítonas, como: ideia, assembleia, colmeia, plateia, jiboia, joia, paranoia, asteroide, geleia, heroico.
Exceções: palavras oxítonas, como papéis, herói(s), anéis, constrói, destrói.
2. Palavras que terminam em ôo e êem perderam o acento circunflexo, como: enjoo, voo, leem, veem.
3. Acentos diferenciais foram abolidos, como: pára (para), pólo (polo), pêlo (pelo).
Exceções: pôde, fôrma (opcional), pôr, têm, vêm.
4. O trema deixa totalmente de existir (pinguim, sequencia, tranquilo, consequencia).
5. O alfabeto passa a ter 26 letras. Inclusão do Kk, Ww e Yy.

Hífen: milhões de regras e palavras modificadas
O hífen é o que vem causando mais problemas na sociedade, pois várias palavras mudaram. Porém, se você perceber, é mais fácil do que parece.
Aí vão algumas ideias (sem acento!):
1. Coloca-se hífen:
a) Quando o prefixo termina na mesma vogal com que se inicia a segunda palavra, como arqui-inimigo, micro-organismo, micro-ondas.
b) Nas formações com prefixos e com o segundo elemento iniciado por h: anti-herói, anti-higiênico, pré-história.
2. Não coloca-se hífen:
a) Quando o prefixo terminar em vogal e a segunda palavra começar com r ou s, duplicam-se as consoantes: autorretrato, ultrassonografia, ultrarresistente, minissaia, antirrugas, microssistema.
b) Quando o prefixo termina com vogal e o segundo elemento inicia-se por consoantes diferentes de r ou s: autobiografia, antebraço, antecâmara, sobrecoxa, ultramoderno, semicírculo.

Fonte: manual da nova ortografia do jornal A Tarde.
No final das contas, é mas fácil do que parece aprender as novas regras da ortografia. E existem muitas outras regras sobre o hífen além destas. Vocês podem pesquisar em livros, dicionários, manuais da nova ortografia ou até mesmo na internet.
Entender as regras é fácil. Lembrar… nem tanto.

One response »

  1. Andreia Santana

    pois é, lembrar é que é complicado. Essas regras do hifen então, só apelando pro manual…

    Reply

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: